Entre direitos e deveres, a força da conexão humana

Por Caroline Belo

Arquitetemos um pássaro ilusório no imaginário. Um que represente, simbolicamente, liberdade e utopia. Agora, pensemos no quão livre ele demonstra ser. Mesmo que vivencie a independência, há algo que impõe limites e o induz a retornar ao ninho. Filhotes, por exemplo. Ele volta por conta deles, para cuidar e zelar. O conceito soa familiar e tem fundamento, em razão do fato de os indivíduos também serem assim. Têm direitos, para andar livremente e, adjacente a isso, deveres a cumprir. E nenhum outro tema desperta uma conexão tão forte com o ser humano.

Por isso, inicialmente, apresentamos dois termos: Droits et Devoirs. Do francês, Direitos e Deveres. É porque foi na França em que se deu origem à Declaração de Direitos e Deveres do Homem e do Cidadão. Dever com a comunidade. Dever de agir de acordo com as leis. Direito à vida. Direito de ser o que, de fato, se é. 

A palavra à qual se é levado é: cidadania. Muitos defendem o argumento de que para alcançá-la é necessário um exercício pleno dos direitos e deveres. A informação, de fato, não finge quanto à veracidade. Seria relativamente fácil se defendêssemos a ideia com essa única forma de pensamento, mas não se limita a isso. O conceito é amplo e abstrato, o que leva a um campo extenso e com diferentes vertentes. De uma forma geral e abrangente, há os direitos humanos, reivindicados democraticamente pela sociedade, do ‘‘povão’’ à elite. Eles, por sua vez, estão elencados na Constituição do país.

      Já a esfera de direitos e deveres, quando reduzida de amplitude, pode ser dividida em tribos urbanas, isto é, determinados grupos, como direitos e deveres dos LGBT. Ou, ainda, relacionar-se a questões trabalhistas, como direitos e deveres do trabalhador rural ou urbano. O mundo virtual também se inclui. Na comunicação mediada por computador (CMC), é possível definir o limite da liberdade. Esse é o debate do qual não podemos fugir. 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s